DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



sábado, 23 de fevereiro de 2008

DECIDIR

Fechou as malas e encostou-as no canto do quarto. Depois tomou banho e vestiu-se. Aprumou a mão no eyeliner e no baton. Sentou-se à espera dele. Quando ele chegasse ela dir-lhe-ía que não quería mais aquela vida para ela e partiria de vez. Que falassem dela e do abandono do lar, da vida boa que largava com empregada e tudo, do marido garboso e bem falante como poucas tinham. Mas ela trocava isso tudo por uma noite dormida ao lado dele, sem esperar que o som do carro a chegar lhe dissesse que eram quatro da madrugada ou no virar das peças de roupa ao avesso o estomâgo lhe voltasse ao contrário por descobrir uma carteira de fósforos de uma casa da noite. Correu os olhos pela sala e decorou cada objecto pousado sobre os móveis, a cor dos cortinados, a maciez do estofado do maple, a caixa de costura deixando o bordado espreitar uma bainha italiana de fios contados. O bébé chorou. Ela despertou da sua letargia e acorreu-lhe, sossegou-lhe o pesadelo, limpou o baton às costas da mão e beijou-lhe a testa quente sussurando-lhe já passou. Depois foi ao quarto e fez escorregar as malas para debaixo da cama.

5 comentários:

Whispers in night disse...

Hello my Dear friend

Water your dreams with hope and faith and watch your promise bloom with every new tomorrow
Big kiss
Rachel

Eärwen Tulcakelumë disse...

Quantas vezes a decisão acerta é a mais dificil de se tomar! Quisera que o tempo parasse, pulasse tal pedaço e nos deixasse continuar como se nada tivesse acontecido...
Triste verdade...mas belo conto!

Pérolas incandescentes de sentimentos.

Eärwen

impulsos disse...

Porque a vida nem sempre é perfeita como aos olhos dos outros assim o parece... é preciso dar-lhe uma reviravolta de modo a pôr um fim ao que está errado.
Mais um momento de prazer que me ofereceste num texto no qual me revi um dia.

Beijo

Bichinho disse...

Beijo fantasma.

poetaeusou . . . disse...

*
decidir ---------- bem !!!
,
conchinhas
,
*