DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



terça-feira, 4 de março de 2008

A PRIMAVERA HÁ-DE CHEGAR

Que saudades, anda abraça-me, dá-me aquele gosto de te sentir tão perto de mim que quase sinto o teu coração a empurrar o meu, tenho frio, aquece-me, aperta-me, esconde-me dentro do teu casaco e leva-me contigo, promete que a Primavera ainda há-de chegar, mesmo que chova e eu ainda não tenha visto uma andorinha sequer a anunciar-me o tempo novo, mesmo que a Primavera seja só uma estação que ficou perdida lá para trás nos tempos da minha infância e tu me fales dela como uma história que inventaste para me distraír das saudades que te tenho. Conta-me de flores e árvores e pássaros e fruta que chega, sumo que me agua na memória de os não ver há tempo tempo, quase tanto tempo como aquele em que te esperei.

3 comentários:

nXistence disse...

Está mesmo ali à porta :)

Moonlight disse...

Este sol liberta o meu sorriso que de noite adormece a pensar em ti.

Beijo

Chat Gris disse...

O que escreves está sempre tão perto de mim...