DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

LEMBRA-TE DE MIM

Não preciso que me chores ou por mim sintas a pena leve da saudade, tão pouco na dor me guardes. Leva-me pelo tempo afora, naquele que embraquece os cabelos e vinca o rosto, o que desfila gentes que por nós passam nesta vida e naquelas horas em que todos pensam que dormimos, recorda o som do meu olhar e sorri porque um dia nos cruzámos.

2 comentários:

Bichinho disse...

Sorriso...beijo fantasma.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que seja assim!

Pérolas incandescentes de lembranças.

Eärwen