DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

AMAR (É ESCREVER-TE)

Escrevo todos os dias como quem ama, como quem precisa para ser inteiro de amar e dizê-lo e até gritá-lo. De tanto escrever, escrevi-te, amei-te, reiventei-te neste acto egoísta de ter só de si e no acto libertador de amar sem elos, o berro de dentro do amor da carne, o silêncio cantado da alma que se dá. Amo todos os dias como quem escreve, como quem precisa para ser amado de o anotar em todas as coisas pequenas e todas as coisas que de pequenas se tornam enormes no simples gesto de reinventar o amor.

3 comentários:

Whispers in night disse...

Olá querida!

E amas, amas em cada palavra, amas com sentido, amas como não é fácil amar, te entregas, entregas o teu ser a cada letra que aqui deixas para quem te vem ler

Que nunca deixes de escrever, que continues amar as letras, as palavras
Beijinhos mil de quem gosta de ti
Rachel

Lu@r disse...

Resumindo...

Amas a vida

jawaa disse...

Hoje andei a passear por ti.
Sabes muito bem amar!