DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

POR TE CONTAR

Afinal digo-te que um milhão é tão pouco. Que mares e amores dão mais histórias do que aquelas que se possam contar em números e eu tenho fôlego tanto para me mudar em oceano se me continuares a amar.

4 comentários:

Lu@r disse...

Agradeço todos os belos momentos que partilhaste ao longo deste ano.

Nunca deixes de contar e amar, todos os pequenos pormenores que contas atingem uma dimensão extra, consegues dar o encanto e o sentir perfeito.

Desejo que se realize todos os teus sonhos no ano que se aproxima.

Feliz 2008

Beijo do tamanho do universo

Papoila disse...

Vim te dizer que também me és muito querida ... que 2008 te traga tudo de bom.

Beijinhos
BF

poetaeusou . . . disse...

*
um vendaval de saúde,
em tempestade
de amizade e carinho,
num mar sereno,
de vagas de benquerenças,
transportadas
no bico de uma gaivota,
<<<<>>>>
aloés de beijos,
desta nazaré, hoje,
linda !!! linda !!! linda !!!
,,,
poetaeusou . . .
*

impulsos disse...

Venha quem vier
Traga os milhões que quiser
Ah!... Mas as tuas histórias
São de longe as melhores!
São retalhos da vida
São pedaços de memórias...

Beijo e Feliz 2008!