DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



terça-feira, 20 de novembro de 2007

SENTADA

Sentada está a mulher, sapatos em paralelo, joelhos apertados, coxas unidas, ventre placado, hirta no dorso, pescoço destacado. Roda os olhos de lá para cá. Entrelaça dedos nos seus dedos. Sentada está a mulher, vestido à espera do balouçar, anéis de cabelo para serem tocados, passos ensaiados sem tablado para marcar.
Sentada está a mulher à espera para dançar... ninguém a vem chamar. Mão alguma se aproxima, se estende e lhe indica o salão só para si. Rodopiar, entontecer no braço erguido, aquecer na cintura como um pião puxado, torcer o pé, pisar no outro, desfazer o sorriso no troca-passo, que embaraço!
Sentada está a mulher que espera a noite passar. Dói nos sapatos a falta da dança, joelhos apartados, coxas murchas, ventre vazio de nada bailar. Cai sobre as espáduas, sobra cadeira, dobra o pescoço sobre si inteira.
Mulher sentada à espera do nada.

4 comentários:

Whispers in night disse...

Ola!
Adoro a tua maneira de escreveres, me perco aqui....
sentada esta a mulher, espera por tudo e pelo nada, sentada olha o tempo passar, deixando a vida correr por entre os dedos como areia que as maos nao soube guardar
Sentada esta a mulher, vendo o amor passar, estende a mao, tenta o segurar, cansada a mao caiu, e o amor passou e nem a mulher viu
que tenhas uma boa semana
mil beijos
Whispers

Lu@r disse...

Encostado na mesa do bar tendo como companhia o seu velho amigo James Martin´s ele observa aquela mulher de olhos infinitos...

Beijo

Victor disse...

Querida Amiga
Os teus escritos são impregnados de sensibilidade e de tamanha realidade que me parece estar a viver as estórias que connosco partilhas.
Magnífico na simplicidade da vida vivida.
Beijinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
Sentada está a mulher que espera a noite passar...
,
e o homem, sant'ana, o homem
*
bji
*