DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



domingo, 3 de fevereiro de 2008

PEQUENINA

Tenho frio, aquece-me, abraça-me apertado, esconde-me no teu peito e faz de mim pequenina, não me digas que me amas, diz-me segredos afastando-me o cabelo num mimo infantil, as tuas mãos nas minhas costas como um colo, ouço o bater do teu coração, tão rápido e forte, parece uma musica, um ritmo para eu cantar, mas embala-me tu, sempre junto a ti tão grande, e beijinhos, quero beijinhos na cabeça e nos olhos e na ponta do nariz, cócegas que me fazes, carinhos da alma dizes tu baixinho.

1 comentário:

Whispers in night disse...

Ola linda!
Nao e nas palavras que se encontra o amor.....e nos carinhos feito pelas palavras, muitos dizem saber amar, so que na verdade nao o sabem fazer.
Amar e entrega total....tenho a certeza que o sabes fazer!
mil beijos
Rachel