DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

PASSEIA-TE EM MIM

Se hoje formos passear e me deres a mão, o braço balouçado na alegria infantil de ombro a ombro rasgarmos o sol, tu e eu eu e tu, os dois num riso domingueiro, assistir às flores beijadas por um abelha que me faz gritar, não me digas para onde me levas, leva-me só. Se te fizer perguntas não me reveles nada, prossegue caminho, enlaça-me a cintura para eu saber que te confio, afasta-me o cabelo da testa e aponta-me o cheiro da maresia nos lábios que se colam aos meus. Se eu parar puxa por mim, prende-me pelos braços e carrega-me às costas, assobia um trinado, eu finjo que sou pássaro e até voo. E quando chegarmos vou precisar de um abraço, empoleirar-me nos bicos dos pés e segredar-te ao ouvido passeia-te em mim.

3 comentários:

Eärwen Tulcakelumë disse...

Quem dera que todos os passeios fossem assim...deliciosos...

Pérolas incandescentes de felicidade.

Eärwen

Whispers in night disse...

Ola linda!

E seria o melhor passeio, quando se entrega a alma e o coracao nele:)
Beijinhos e boa semana
Rachel

MBSilva disse...

Inspiro fundo e sorrio... :)