DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

RESSACA

Dobrou-se sobre si mesma, os braços traçados a prenderem dores sem nome, o rosto pendendo sobre os joelhos. Quando abriu os olhos viu o mundo a fazer o pino. Ou talvez o mundo tivesse passado a ser assim, tudo ao contrário, um avesso de costuras mal terminadas e acabamentos esfiapados que depois do soco no estomago vem o vómito, o rodar da sala, a noticia não acaba com o ponto final e fica sempre aquela moinha danada, perfurante, já pouca da adrenalina do choque quando as palavras esbofeteiam no rosto e atordoam a realidade que parecía eterna, uma secura que não humedece nem à força do choro. A ressaca da dor dói mais que a dor. Traz memórias de tempo sem dolo, comparações de felicidade e agonia e como o bêbado promete-se, promete-se sempre que nunca mais tal voltará a acontecer.

3 comentários:

Lu@r disse...

Nada é eterno a não ser as palavras.

Beijo

Bichinho disse...

Promesas...beijo fantasma.

Whispers in night disse...

Olá!
que maneira linda de dizer uma verdade, bem verdade.
quando se esta magoados doí, só que depois da raiva passar a dor é sempre muito maior, quando se cai na realidade e se vê o quanto somos ou fomos estúpidos, só que, tal como bêbedo prometemos não mais, e outra vez já la esta.....
Parabéns Amiga se a posso chamar assim, você escreve além de bem. com bastante psicologia
Vou de ferias, quero antes de partir lhe desejar um Natal feliz e que o ano de 2008 lhe traga tudo que você merece, paz amor,saude e já agora muito e muito dinheiro
Voltarei acompanhar teus post no ano de 2008, um a um. obrigado por este ano me ter dado a possibilidade de eu ter conhecido seu blog, e poder ver um talento de alguém que sabem usar psicologia para escrever maravilhosamente bem

beijinhos em seu coração
Rachel