DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



terça-feira, 13 de novembro de 2007

A BOCA

Húmidas e brilhantes, carmim ou rosa chá, arqueadas, polposas, levemente pregueadas, lábios dados, colados, pele roçada, agarrada na prensa morna de outros dois, tomados, sorvidos, tocados, invasão à comissura, molhada, oleada, boca lambuzada, sabor tacteado, beijo repenicado, roubado, sugado, murmurado, fugido.
Tanto beijo sentido numa boca que diz amo-te.

2 comentários:

Bichinho disse...

Senti, muito intenço...
Beijo fantasma.

Lu@r disse...

Quando o gesto descreve palavras...

Deixo um pouco de luz