DEC.LEI Nº344/97

TODOS OS TEXTOS SÃO DA PROPRIEDADE DO AUTOR E ESTÃO REGISTADOS AO ABRIGO DA LEI DA PROTECÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS E PROPRIEDADE INTELECTUAL. INCORRE NO CRIME DE CONTRAFACÇÃO QUEM SE APROPRIAR, COPIAR, PLAGIAR E MENCIONAR NO TODO OU/E EM PARTE OS TRABALHOS AQUI PUBLICADOS, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS.
.
.
.
Escrever é poder amar-te



domingo, 30 de março de 2008

ESCALADA

A medo, devagar, num crescendo, a fome controlada, já se perderam mãos e braços e até o coração latejante, agora vai de seguida o olhar que ninguém precisa de ver o caminho do que se quer e o relevo da pele arrepiada é guia bastante para seguir até ao topo e ficar por lá embrulhado nos cabelos e nos cheiros e na água da boca que quase se adivinha mas surpreende por ser tão esperada e tão bela, rastilhos nas curvas e covas quentes que mais quente se tornam nas dedadas calcadas e apertadas da tomada de cada bocado vencido, nada sacia, tudo aumenta na velocidade lenta do mundo a parar para deixar que os amantes se juntem.

1 comentário:

Bichinho disse...

Beijo fantasma.